FIAT Uno 2021: Fotos, Preços, Motor, Versões e Ficha Técnica7 minutos de leitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

O FIAT Uno foi um sucesso para a montadora alavancando suas vendas, e fazendo com que a marca crescesse e se expandisse de maneira muito rápida. Também conhecido como o precursor dos carros populares, é um dos modelos mais vendidos pela marca no Brasil até os dias atuais, tendo no FIAT Uno 2021 uma das grandes apostas.

Fiat Uno 2021
Fiat Uno 2021. Foto: Divulgação

Especulações sobre o novo Uno 2021

De maneira extraoficial vazaram algumas fotos do que seria o novo modelo do Uno 2021. Alguns especialistas acreditam que o novo carro na FIAT possivelmente irá ser equipado com motor 1.0 turbo.

Especulação do novo Uno para 2021. Vale ressaltar que o modelo foi criado e inspirado a partir de modelos recentes lançados pela montadora, como podemos notar a frente da FIAT Toro.

Outra projeção do modelo foi criada por um site automotivo e se assemelha bastante a frente do Fiat Argo. Inclusive supõem que as características mecânicas se assemelham a do modelo.

Movimentações da marca no mercado

No ano de 2019, o modelo conseguiu emplacar praticamente vinte mil unidades (O valor exato é de 19.928 unidades). Da média do ano de 2019 para o primeiro mês de janeiro, observou-se uma queda de aproximadamente 25% (vinte e cinco por cento) já que no primeiro mês, ou seja, em janeiro de 2020 o número foi de apenas 1.138 unidades vendidas. Essa queda no número de vendas foi o que fez a FIAT repensar na remodelagem do Uno para 2021.

Versões que serão disponibilizadas no mercado

Estima-se que não ocorrerão alterações nos nomes das versões existentes na linha hoje. Há ainda uma especulação de que seja lançada uma nova linha, cujo nome ainda não foi divulgado. Mas a princípio serão mantidas as versões atualmente existentes.

Dentre as versões que tendem a permanecer são o Attractive 1.0 que terá uma redução no valor de venda, de R$ 47.990 para R$ 44.190. O Uno Drive que também terá uma redução significativa de R$ 48.340 para um valor próximo de R$ 46.840.

A tradicionalíssima versão, o Uno Way 1.0 pelo contrário das demais versões, se espera que tenha uma subida de preço de R$ 49.990 para R$ 50.500. Da mesma maneira o Uno Way 1.3 terá um pequeno reajuste no valor de R$ 53.990 para R$ 54.340.

Itens de série

Fiat Uno Attractive 1.0: os itens presentes serão: ar condicionado, banco traseiro rebatível (Flip and Fold) com 2 posições para o encosto, ESS (Sinalização de frenagem de emergência), chave desmodrômica com Fiat code, cintos de segurança dianteiros retráteis de 3 pontos com regulagem de altura, cintos de segurança laterais traseiros retráteis de 3 pontos, direção hidráulica, Drive by Wire (Controle eletrônico da aceleração), faróis com máscara negra, follow me home, HSD (High Safety Drive), Airbag duplo (motorista e passageiro) e ABS (obrigatórios desde 2014) com EBD, Lane Change (Função auxiliar para acionamento das setas indicando trocas de faixa), luzes de leitura dianteira com dimmer (redução/aumento gradual de intensidade), motor Fire 1.0 8V Flex, quadro de instrumentos iluminado com conta-giros, Welcome Moving e computador de bordo (trip A), relógio e hodômetro (total e parcial) digitais, ganchos de fixação de carga, rodas de aço estampado 5.5 x 14″ com calotas integrais, tomada 12V, travas elétricas e automáticas das portas a 20 km/h, válvula antirrefluxo de combustível e vidros elétricos dianteiros com one touch e antiesmagamento.

Fiat Uno Drive 1.0: Direção Elétrica com função CITY, HCSS (Sistema de partida a frio sem tanque auxiliar de gasolina), indicador digital (troca de marchas Shift up/down, em português cima/baixo), desembaçador do vidro traseiro (temporizado), palhetas com tecnologia Flat Blade, ganchos de fixação de carga e volante com regulagem de altura.

Fiat Uno Way 1.0: Alertas de limite de velocidade e manutenção programada, barras longitudinais no teto, detalhe estético inferior cinza nos para-choques dianteiro e traseiro, detalhes internos na cor Grafite (Maçanetas, aros das saídas de ar, volante), econômetro, lanternas traseiras com acabamento fumê, porta-luvas iluminado, retrovisores externos na cor do veículo e luzes indicadoras de direção no retrovisor.

Fiat Uno Way 1.3: Alças de segurança traseiras retráteis, apoia-pé para o motorista ao lado da embreagem, chave canivete com telecomando (abertura e fechamento das portas e vidros elétricos), console central com porta-objetos, ITPMS (Sensor de monitoramento da pressão dos pneus), My Car Fiat (personaliza várias funções do carro), Novo motor 1.3 Firefly 8V Flex, Predisposição para rádio com 2 alto-falantes dianteiros, 2 alto-falantes traseiros e Antena, ganchos de fixação de carga e Sistema Start&Stop (desligamento/acionamento automático do motor).

Deve-se ressaltar que existem apenas especulações e projeções dos modelos, a FIAT não confirmou a linha 2021 remodelada do novo Uno. “O novo Uno continua seguramente neste ano, estamos verificando a possibilidade para que ele continue além de 2020”, afirma Antonio Filosa, presidente da Fiat Chrysler América Latina.

História do FIAT UNO

Durante a sua história no Brasil, o sucesso do modelo foi tanto que a FIAT (Fabrica Italiana de Automóveis de Turim) lançasse modelos estilo sedan, o FIAT Prêmio e o modelo estilo perua o FIAT Elba. Os modelos contavam com motores 1.3, 1.5 e 1.6 que tinham uma boa resposta e ao mesmo tempo eram econômicos para distâncias grandes.

Em agosto de 1984, o presidente Fernando Collor anunciou uma redução tributária realmente significativa para motores que tinham entre 800 centímetros cúbicos e 1.000 centímetros cúbicos. A FIAT de maneira muito inteligente lançou o Uno Mille cerca de dois meses depois, um tempo considerado extremamente rápido para a criação de um carro. O que ocorreu foi uma redução do curso dos pistões o que criou um motor com 994 centímetros cúbicos.

Esta velocidade para o lançamento tem uma razão específica, quando o modelo chegou ao Brasil, era equipado com o motor Fiasa 1.050 de 52 cavalos que foi herdado do FIAT 147.

Após os anos de 1990 o carro teve várias versões como o Mille Brio, Mille Eletronic (mais tarde chamado de Mille i.e), que foi o primeiro no segmento a ter quatro portas e ar condicionado. Ainda foram lançadas as versões Mille ELX, onde posteriormente teve o nome mudado para EP.

Nos anos de 2004 e depois 2005 passou por reestilizações profundas e saiu do mercado em 2014. Da maneira mais conhecida, o Mille se despediu por estar tecnologicamente atrasado e defasado. Além do que no ano de 2014, vigorou uma nova lei que obrigava todos os carros produzidos no território nacional a possuírem airbags e freios ABS (sigla em inglês para Antilock Braking System, sistema que evita o travamento completo das rodas durante a frenagem), mas para o Uno Mille esta alternativa não era viável, a não ser que fosse considerada a possibilidade de se reformular a sua estrutura. A montadora preferiu cessar com a produção.

Perguntas frequentes

Quantos km o Fiat Uno Fire faz?

O Fiat Uno Fire faz em média, com gasolina na estrada 21km/l e na cidade 15 km/l.

Qual é o Fiat Uno mais econômico?

O Fiat mais econômico é o modelo Uno Mille Fire Economy 1.0, seguido de Novo Uno Economy Evo 1.4.

Tem Fiat Uno Automático?

O modelo do UNO 2015, vem equipado com o novo Câmbio Dualogic Automático Plus para as versões Way 1.4 e Sporting 1.4.

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.