Troca de pneu do carro: como saber quando é a hora certa4 minutos de leitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Índice do conteúdo:

Uma das grandes dúvidas de todo motorista é saber quando é a hora certa para trocar o pneu do carro. Afinal, esse é um processo comum que é necessário ser realizado frequentemente, sempre que o pneu apresentar indícios para isso. Dirigir com o pneu inadequado traz sérios riscos para a segurança do motorista, seus passageiros e outras pessoas, além de gerar multas e demais prejuízos financeiros.

Normalmente, o indicado é trocar o pneu sempre que ele estiver careca ou furado. Isso porque é nesse estágio que o pneu não consegue mais ter aderência suficiente  no solo, prejudicando a sua frenagem e que pode ocasionar graves acidentes,  especialmente em caso de pista molhada. Portanto, é importante saber o momento certo de fazer essa troca.

Quer aprender qual é a hora certa para trocar o pneu do carro? Então siga a leitura do artigo abaixo!

Como saber quando é o momento certo para trocar o pneu do carro?

Quando trocar o pneu do carro?
O Pneu do carro é item de segurança essencial. Foto: Pixabay.

Use o Indicador TWI

A melhor maneira de saber quando é a hora certa para trocar o pneu do carro é pelo Indicador TWI. Trata-se de um recurso simples no formato de uma marca que fica nos sulcos da banda de rodagem do pneu. Esse indicador serve para mostrar para o motorista que o automóvel chegou na marca de 1,6mm, que comprova se o pneu está ou não careca.

Na prática, a legislação de trânsito não determina exatamente que o carro não pode andar com um pneu careca, apenas que o carro não poderá trafegar em más condições. No entanto, uma resolução do CONTRAN determina que estar com o pneu careca é estar com o automóvel em más condições. A punição é de multa acima de R$200,00 POR PNEU, além de vários pontos na carteira, ou seja: se você estiver com os 4 pneus carecas, pagará mais de R$800,00 de multa.

Por essa razão é que existe o TWI em um pneu. Ele indica exatamente a profundidade de 1,6mm e, se o desgaste chegar nele, é hora de parar de usar o pneu e efetuar a troca por um modelo novo.

Caso você não consiga achar o TWI no pneu, não tem problema. Basta usar uma moeda de 1 real para medir a profundidade do sulco e ver se já chegou no limite de 1,6mm. Como uma moeda ajuda nisso? Simples: sabe aquele contorno dourado da moeda de 1 real? Então, ele tem exatamente 1,6mm de largura. Por isso, é só colocar a moeda ali e ver se a profundidade é maior ou menor do que o contorno dourado. Se for maior, então ainda pode andar com o pneu. Já se for igual ou menor, chegou a hora de trocar o modelo por um novo.

Fique atento à sua quilometragem

Pode ser que você considere que checar o TWI dos seus pneus regularmente seja um transtorno. Afinal, pode levar algumas dezenas de meses até precisar trocá-los. Se você for medir o TWI com frequência, fará um trabalho desnecessário, concorda?

Uma maneira mais fácil para lidar com isso, então, é ficar de olho na sua quilometragem. Afinal, é possível prever mais ou menos quando os pneus do seu carro precisarão ser trocados com base nisso.

Atualmente, os pneus rodam ao redor de 50 a 60 mil quilômetros antes de precisar fazer a troca. Isso muda de marca para marca (pneus Xbri terão uma durabilidade diferente da linha principal ou secundária da Pirelli, por exemplo), mas também com relação aos modelos. No entanto, a média é mais ou menos essa.

Com isso em mente, é possível controlar a durabilidade dos pneus ao observar a sua quilometragem. Sempre que estiver próximo dos 50 mil quilômetros rodados depois da instalação do novo jogo, dê uma verificada nos pneus. Pode ser que tenha chegado a hora de trocá-los.

Atualmente, em média, o motorista no Brasil anda ao redor de 20 mil quilômetros por ano. Se você tiver essa mesma quilometragem, provavelmente acabará por trocar os jogos de pneus do seu carro a cada 2 anos e meio ou 3 anos. Essa pode ser uma forma interessante de acompanhar a durabilidade do pneu.

Agora que você aprendeu quando é a hora certa para trocar o pneu do seu carro, já pode garantir que andará de forma mais segura e protegida pelas ruas e estradas do país. Dessa forma, você evitará problemas sérios, incluindo a perda de controle em uma pista molhada ou mesmo na pista seca, em alguns casos. Isso o ajudará a evitar acidentes – o que é muito útil, já que no Brasil ocorrem mais de 1 milhão de acidentes por ano.

Gostou do artigo? Então, deixe o seu comentário para ajudar mais leitores do Guia4Rodas, e compartilhe-o nas redes sociais para que mais pessoas saibam dessas informações!

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Uma resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.