Viajar com crianças no carro: 5 formas de prevenir acidentes5 minutos de leitura

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest

Viajar com crianças no carro pode ser uma delícia. Pegar um daqueles rápidos carros Toyota, colocar as malas no porta-malas e dirigir com as crianças até alguma pousada bem legal e com piscina é um passeio e tanto no verão. No entanto, é também algo que exige alguns cuidados básicos para garantir que vai dar tudo certo e não teremos nenhum tipo de acidente, tanto dos graves, quanto dos não tão graves assim também.

Os acidentes com as crianças no carro podem acontecer de vários níveis. Infelizmente, ainda é alto o número de acidentes nas rodovias no Brasil, o que faz com que precisemos ter o dobro de cuidado e proteção com os mais novos. Além disso, é vital se prevenir também com os problemas mais simples, que podem gerar momentos desagradáveis dentro do automóvel.

Quer aprender como viajar com crianças no carro do jeito certo e sem correr riscos? Então siga a leitura abaixo!

5 dicas para prevenir acidentes ao viajar com crianças no carro

Dicas para viajar com crianças no carro
Foto: Pixabay

1. Evite dar comida no carro

Um dos erros mais clássicos que pais e mães de primeira viagem cometem é o de tentar dar comida para as crianças dentro do carro. Afinal de contas, muitas vezes fazemos o cálculo entre o tempo necessário para parar o veículo em algum ponto de parada e chegar no destino e pensamos que vale a pena alimentar as crianças no carro mesmo. Afinal, até parar, dar comida e voltar a dirigir já perdemos uma hora ou mais.

No entanto, esse pensamento traz consequências negativas sérias. Em primeiro lugar, preparar a comidinha das crianças no carro é difícil. Em segundo lugar, se elas comerem em movimento têm muito mais chances de passarem mal e acabarem vomitando lá dentro (o que estragaria a viagem por completo).

Por isso, o ideal é evitar dar comida dentro do carro. Faça as contas e veja se é possível se planejar para alimentá-las antes de sair de casa. Uma viagem de até 3 horas dá para ser feita sem parar para comer.

Mais do que isso, você terá de planejar uma parada no meio do caminho para alimentar os mais novos em um lugar parado.

2. Use o bebê-conforto ou cadeirinha

Pela lei, as crianças e adolescentes devem ser transportados nos carros com equipamentos adequados para isso. As crianças de até 10 anos (ou até 1,45m de altura) devem usar bebê-confort, cadeira especial ou assento elevatório dependendo do peso e da idade.

O bebê-conforto ou conversível são obrigatórios para crianças de 1 ano e de 0 a 13 quilos. Já a cadeira de segurança é para crianças de 1 a 4 anos ou de 9 a 18 quilos. O “booster”, outro nome para o assento elevatório, é para crianças de 4 a 10 anos e com 15 a 36 quilos, além da altura de 1,45m. Acima de 36 quilos e com 1,45m de altura mínima, a criança já pode estar no banco traseiro apenas com o cinto de três pontos.

3. Tenha sempre um adulto no banco de trás

Um cuidado básico para garantir a segurança das crianças (e a ordem dentro do carro) é ter um adulto responsável no banco de trás. Por exemplo, se a viagem for com pai, mãe e dois filhos, então um dos adultos dirige o veículo e o outro fica no banco de trás com as crianças.

Isso é necessário por um monte de motivos. O primeiro deles é pela segurança dos mais novos, já que é possível ficar de olho no que eles estão fazendo e como estão se sentindo. Outro motivo é para fazer companhia para as crianças. Por fim, há também o fato de que o motorista não pode se distrair com os jovens.

4. Tenha atenção com a hidratação

Ficar muito tempo no carro, especialmente em épocas de calor e com Sol, pode desidratar as crianças facilmente. Por isso, tenha sempre uma garrafinha de água gelada dentro do automóvel e insista para que as crianças bebam frequentemente.

Mas atenção: é bom ficar de olho na necessidade deles fazerem xixi. As crianças não têm grande resistência com a bexiga e podem precisar ir ao banheiro em intervalos frequentes.

5. Trabalhe para manter um bom clima

Por fim, é fácil para os mais jovens ficarem entediados em longas distâncias. Por isso, é importante planejar algumas atividades para manter um bom clima no carro. Caso os mais jovens peguem no sono, evite fazer muito barulho para deixá-los dormir e aproveitar essa “folga”.

Pronto! Essas são as principais dicas para quem quer viajar com crianças no carro com os melhores cuidados e que quer evitar todo tipo de acidentes dentro do automóvel, desde vômitos até coisas mais sérias. Com esses cuidados, a viagem será uma delícia e sem riscos, permitindo que a família possa compartilhar desse momento positivo e criar memórias felizes.

Gostou do conteúdo? Você já passou por alguma dificuldade ao viajar de carro com crianças? Conte para a gente e compartilhe suas experiências nos comentários do Guia4Rodas abaixo!

Avalie este artigo

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.